Portal Vital

358 Matérias - 212 Likes - 1391 Comentários RSS

Como o sistema imunológico do bebê ainda não está formado, todo cuidado é pouco na hora de limpar seu quartinho. E para esse espaço, não valem as mesmas regras usadas no resto da casa. 

 

Primeiramente, é importante evitar que o bebê esteja no quarto durante a limpeza. “Por mais que os produtos sejam neutros, nunca se pode prever que a criança desenvolva alergia a eles”, diz.

 

Lembre-se de deixar as janelas abertas durante o período da limpeza, não só para arejar o quarto, como para dispersar algum cheiro. Só as feche quando garantir que está tudo seco para evitar que as paredes mofem. “Uma dica é usar a casca da laranja cortada em espiral para repelir mosquitos como o pernilongo”, diz João Pedro Lucio, gerente nacional de operações da Maria Brasileira.

 

É preciso evitar desinfetantes perfumados, removedores, ceras à base de silicone (escorregadias), produtos de fabricação sem procedência, aromatizantes de ar, repelentes de insetos, detergentes alcalinos e mistura de produtos. “Não use produtos em grandes quantidades, não limpe o berço com multiuso e use de preferência o aspirador de pó em vez da vassoura”, explica Heloísa Sundfeld, da Help Personal Assistant.

 

Um ponto importante é a limpeza diária do quarto, mas não há necessidade de limpar os brinquedos – a não ser aqueles que ele brinca diariamente.

 

Detalhes

 

Cortinas: são ótimas para proteger do sol, mas devem ser lavadas quinzenalmente. Para quem quer mais praticidade, opte pelas persianas que são limpas com um pano úmido.

 

Protetores de berço: devem ser lavados de 15 em 15 dias.

 

Chão: para desinfetar, dilua uma tampinha com desinfetante em cada meio litro de água.

 

Bichos de pelúcia: sempre acumulam pó e, por isso, devem ser lavados periodicamente. Embale-os em fronhas ou saco especiais para lavá-los na máquina.

 

Tapete: opte pelos hipoalergênicos e prenda com fita adesiva no chão para evitar que a criança tropece. ??

 

Brinquedos: aqueles que as crianças brincam mais devem ser limpos com uma frequência maior: os de tecido semanalmente e os de plástico e de borracha (como mordedores), diariamente. Os outros brinquedos podem ser limpos quinzenalmente.

1 comentário nessa matéria

  • ANA PAULA RAMOS ROTA

    ANA PAULA RAMOS ROTA

    Perfeito!

    Responder - 20 de julho às 19:51